Yogando com a vida:
¨Um espaço como as nossas vidas, em constante transformação, um espaço para cuidar de tudo que nos cerca pois a vida só faz sentido quando nos orgulhamos dela...¨

Flávia Hernandes Bernini

09/06/2017

À paulistana: Os meus achados da Pça da República

É incrível o que um intervalo entre um compromisso e outro e um pouco de boa vontade para flanar sem rumo pode fazer por nossas almas, pelo menos pela minha. Adoro caminhar, há qualquer dia, qualquer hora e qualquer lugar e pelo centro de São Paulo sou sempre muito bem recompensada, encontro verdadeiros tesouros, não perdemos nada para outras grandes cidades.

Galeria Olido
Um verdadeiro complexo de artes e outras atividades, cinema, espaço de dança, sala de leitura, espaço circo e uma unidade da Fablab onde se pode realizar qualquer projeto de marcenaria e impressão 3D e é gratuíto!

Na Barão de Itapetininga tem a organizadíssima Livraria Francesa, escondida na galeria de um prédio, uma verdadeira viagem com seus inúmeros títulos e funcionários educados

Padaria francesa no térreo do Edifício Esther, recém inaugurada, linda, assinada pelo chefe Olivier Anguier, um ótimo lugar para uma pausa café e para contemplar a Pça da República e o vai e vem na calçada
Mundo Pão do Olivier
Rua 7 de Abril, 425 – Loja 1 

Segui pela Rua Sete de abril e como já eram mais de 10:00 da manhã acabei encontrando uma placa imensa em frente a um prédio indicando uma Adega, fui conferir e não me arrependi, pé direito alto, lustre lindo, piso de madeira e mesinhas dispostas para sentar e degustar um bom vinho, não a essa hora claro, mas pretendo voltar
Piso Térreo Loja B1, R. Sete de Abril, 264 - República (não abre aos fins de semana)























Um pouco mais a frente encontramos uma tenda enorme com uma Feira do Livros instalada nela, diversos títulos para adultos e crianças com preços muito acessíveis





















E para quem como eu ama uma biblioteca, vale a passada da Biblioteca Mario Andrade, para simplesmente sentar em uma mesa no pátio ou consultar o acervo, normalmente tem Wifi livre e muita gente por ali, com sorte dessa vez consegui sentar no pátio com vista para a Xavier de Toledo




















 






















 

Nenhum comentário:

Postar um comentário